Polícia

Policiais do Bope investigados pelo caso Amarildo são afastados pela PM

BOPE - ESCUDOOs policiais militares do Batalhão de Operações Especiais (Bope), investigados pela ocultação do corpo do pedreiro Amarildo de Souza, foram temporariamente afastados do serviço nas ruas, por decisão do Comando da Polícia Militar do Rio de Janeiro (PM).

Eles ficarão afastados até a conclusão do Inquérito Policial Militar (IPM) que investiga a participação deles no caso. Segundo a Agência Brasil, a PM não informou o número de policiais investigados no inquérito, mas o Ministério Público do Estado investiga pelo menos dez policiais do Bope.

A investigação do Ministério Público e o inquérito da PM foram anunciados nesta terça-feira (23), depois que imagens mostraram carros do Bope chegando à base da Unidade de Polícia Pacificadora (UPP) da Rocinha, depois de Amarildo ser, de acordo com as investigações, morto e torturado, em junho de 2013.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Botão Voltar ao topo