Cotidiano

Polícia resgata quase 400 cães que seriam levados para festival de carne de cachorro; veja

A polícia chinesa resgatou 386 cachorros, nesta segunda-feira (21), que seriam levados para um festival de carne de cachorro, sendo sacrificados. O evento aconteceria a partir de terça-feira, na cidade de Yulin, no sul do país.

Em condições precárias, os animais estavam dentro de um caminhão em gaiolas de arame. A partir de denúncias de ativistas dos direitos dos animais, foi possível a polícia interceptar o veículo.  

Denunciadores afirmaram o risco de alguns cães estarem com doenças infecciosas.

Com isso, a denúncia partiu de uma prevenção de epidemias. Uma das ativistas, Lin Xiong, que participou da ação, contou ao The Guardian o que viu no caminhão:

“Foi horrível ver tantos cães em um estado tão terrível, era como um caminhão do inferno para esses pobres animais… A carne de cachorro o massacre traz vergonha ao nosso país e por isso continuaremos lutando até vermos o fim desse sofrimento” disse. O festival de carne de cachorro de Yulin ocorre todo ano e reúne milhares de pessoas. E anualmente ativistas tentam acabar com a realização do evento.

Confira:

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Botão Voltar ao topo