Notícias

Polícia Militar da Bahia alerta policiais sobre possíveis ataques criminosos

O comando da Polícia Militar da Bahia disparou na noite da última sexta-feira (3) o código Alfa 11, com o aviso de ameaças à vida de policiais. A mensagem partiu após a Polícia Federal (PF) interceptar ligações de traficantes da quadrilha Comando da Paz, do traficante Cláudio Campanha. A ordem seria realizar ataques a PMs. Segundo reportagem do Correio, a reação do crime organizado seria uma retaliação à “Operação Guaricema”, da PF, que na semana passada desarticulou um braço de seu grupo criminoso, comandado por João Cleber, o Kekéu. De dentro do Complexo Penitenciário de Salvador, com celulares, ele chefiava o bando. “A facção Comando da Paz do traficante Cláudio Campanha deu ordem para matarem policiais”, diz um trecho do comunicado. O aviso logo se espalhou também entre os policiais civis e instalou o clima de tensão entre os agentes que atuam na capital baiana. Prova disso é que a remoção de corpos pelo Instituto Médico Legal (IML), que antes demandava no máximo cinco policiais, começou a ser realizada com até 15 homens fortemente armados. Na página da PM no Facebook, o alerta também é reforçado: “O Serviço de Inteligência da PMBA, em sua Coordenadoria de Missões Especiais e em suas Seções e Setores de Missões Especiais, está atento a qualquer tentativa de lesão ao serviço policial. A cada policial, individualmente, cabe manter a atenção e as precauções que são próprias da natureza do profissional policial, sempre evitando exposições e descuidos”, diz o comunicado. “Sempre que o Estado adota medidas de combate à criminalidade, os interessados na perpetuação do crime tentam resistir às ações policiais”, complementa.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Botão Voltar ao topo