Sem categoria

Polícia investiga roubo de objetos sacros em Cachoeira

A Polícia Civil de Cachoeira investiga o roubo de objetos do século 18 utilizados nas cerimônias religiosas da Igreja Matriz de Nossa Senhora do Rosário. Até o momento, ninguém foi preso, segundo o A Tarde. O furto foi percebido o último dia 21 de agosto, mas o fato veio a público apenas nesta terça (28). O delegado André Oliveira Alves afirmou que o cônego Hélio César Vilas Boas registrou a queixa do arrombamento do cofre no dia 21, mas não havia percebido que os objetos também foram levados. “Dois dias depois, o padre foi realizar uma cerimônia e sentiu falta dos objetos, quando foi feito o aditamento da ocorrência para incluir as informações novas”, disse. Entre as peças roubadas, está uma coroa de ouro com brilhantes, que ficava sobre a cabeça do Deus Menino pertencente à Irmandade de N. Sra. D’Ajuda há mais de um século.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Botão Voltar ao topo