Cidades

Polícia Federal deflagra operação contra furto de R$ 100 mi em cargas no porto de Aratu

PORTO DE ARATUA Polícia Federal deflagrou na manhã desta terça-feira (16) uma operação contra o furto de carga no porto de Aratu, em Salvador.

De acordo com investigações iniciadas em 2014, a partir de duas apreensões de caminhões realizadas pela polícia em Minas Gerais e São Paulo, cerca de R$ 10 milhões eram furtados por ano há cerca de 10 anos, o que leva o prejuízo total a R$ 100 milhões. Intitulada de “Carga Pesada”, aproximadamente 200 policiais federais cumprem 53 mandados judiciais, dentre eles 24 de prisão, duas conduções coercitivas e 27 de busca e apreensão em Salvador, Candeias, Simões Filho e Camaçari, além do estado de Minas Gerais.

Segundo a PF, duas empresas foram alvo do furto, uma de concentrado de cobre, que é a única que importa o material no Brasil, e outra que armazena produtos de empresas variadas. O modus operandi da quadrilha envolvia, além do roubo das cargas, a prática de extorsão e intimidação de testemunhas.

Durante o ano em que ocorreram as investigações, a Polícia  Federal identificou três homicídios e três tentativas de homicídio praticados por integrantes da  organização com a finalidade de silenciar testemunhas e garantir a continuidade dos crimes.

Os envolvidos responderão por furto qualificado, participação em organização criminosa,  falsidade ideológica, corrupção ativa, corrupção passiva, coação no curso do processo e  homicídios de testemunhas que ameaçaram delatar a organização.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Botão Voltar ao topo