Polícia

Polícia Civil de Amargosa elucida série de assaltos contra estudantes da UFRB, apreende menores e recupera objetos roubados

A atuante Polícia Civil de Amargosa, em mais uma ação rápida, apreendeu os menores E.S.S., 16 anos e seu parceiro J.M.N.S., 17 anos, os quais estavam praticando atos infracionais, assemelhado a roubo, com emprego de arma de fogo, tendo como alvos estudantes da UFRB, campus de Amargosa.
De acordo com a Polícia Civil, os atos infracionais ocorreram na última semana, nos dias 14 e 16/10/2015, conforme foram publicado pelo AmargosaNews. Os menores chegavam armados, escolhiam vítimas do sexo feminino, por imaginar mais vulnerável, anunciavam o assalto e subtraiam celulares, dinheiro, pen drives, com trabalhos escolares e mochilas. Em um dos casos, ainda agrediram fisicamente as vítimas.
Os fatos ocorreram no Loteamento Tropical Center e estavam deixando a população, sobretudo estudantes da UFRB, apavorados, motivando mais uma ação imediata da Polícia Civil. Foram recuperados pen-drives e celular das vítimas. Diante de inúmeras provas colhidas pela equipe da Polícia Civil, sob o comando do Delegado Adilson Bezerra de Freitas, os menores acabaram confessando seus atos.
O menor E.S.S., já estava sendo investigado pelo Serviço de Inteligência da Polícia Civil de Amargosa, por sua participação no assalto ao ônibus escolar no Povoado de Três Lagoas, após a prisão de um maior pelos policiais. O menor J.M.N.S., já foi apreendido pela PC de Amargosa por ato infracional assemelhado a roubo e porte ilegal de arma de fogo. “Diante da reiteração de atos infracionais, representamos pela internação dos menores”, afirmou o Delegado.
Os menores são integrantes da facção que se auto denomina CL – Comando Lapinha, em homenagem a localidade onde fica a Rua da Lapinha. Segundo a Polícia Civil, no dia de ontem, a mesma facção realizou uma festa, tendo participação de grupos da Gamboa, Alto e Katiara. E, como era de se esperar, houve confusão entre garotas do Alto com garotas da Katiara, o que culminou com vários disparos de arma de fogo. Felizmente, ninguém saiu ferido. A PC já está investigando a criação do CL.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Botão Voltar ao topo