Cotidiano

Polícia baiana desarticula quadrilha de estelionatários que agia em diversos estados brasileiros

Uma quadrilha de estelionatários, com ramificações nos estados de São Paulo, Minas Gerais, Rio de Janeiro e Brasília, foi desarticulada por investigadores da 14ª Delegacia Territorial (DT/Barra), em Salvador, na última terça-feira (13). De acordo com a polícia, o grupo ameaçava sequestrar familiares de funcionários de bancos nos estados citados, obrigando-os a depositar grandes quantias em agências bancárias da capital baiana, onde seriam sacadas pelos baianos presos. Roque Lázaro Bacelar de Santana, de 36 anos, e sua companheira Tamara Conceição Rosa Nunes, 33, foram presos em flagrante após sacarem R$ 10 mil do Banco Santander da Rua Marques de Leão, na Barra. A quantia é parte dos R$ 99.990,00 depositados em uma conta poupança da golpista, por um funcionário de uma agência paulista do Santander, vítima dos estelionatários. No interrogatório, o casal delatou outros participantes do bando, entre eles, Tamires Martins Lima, de 22 anos, e Leônidas Antônio Lima de Queiroz, 35 anos, apontados como os principais contatos da ramificação baiana da quadrilha com os cúmplices em outros estados. Os dois estavam em um apartamento alugado no bairro da Pituba, em companhia de Lincon Luis Antônio Bacelar dos Santos, 30, e Josemar de Sousa Almeida, 44, que tinha mandado de prisão preventiva em aberto. A polícia apurou que Lincon e o primo Roque convenceram Tamara a fornecer sua conta poupança no Santander, em Salvador, para depósito dos quase R$ 100 mil enviados de São Paulo pela mais recente vítima do golpe. Outras cinco pessoas que também cederiam suas contas bancárias para uso da quadrilha, em troca de vantagens financeiras, estavam no apartamento de Tamiris, sendo liberadas depois de ouvidas.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Botão Voltar ao topo