Cidades

Pistoleiros invadem fazenda em Uruçuca e expulsam MST

Pistoleiros-invadem-fazenda-em-Uruçuca-e-expulsam-MSTInformações do site Coletivo de Comunicação do Movimento dos Trabalhadores Sem Terra (MST) no estado da Bahia, dão conta que na madrugada da última segunda (6), 11 pistoleiros fortemente armados invadiram o acampamento da fazenda Conjunto São Manoel, em Uruçuca.
 
O grupo usou chicotes para agredir e expulsar trinta e oito famílias sem terra. De acordo com o site, uma criança de três anos também foi ferida e as famílias foram ameaçadas de morte pelos pistoleiros. Os sem terra ocupavam a área de 450 hectares desde maio.
 
Ainda conforme o MST, a proprietária da fazenda, Marama Melo Badaró, se disponibilizou a negociar a propriedade para destiná-la aos beneficiários do programa de reforma agrária do governo federal, no entanto, ela “contratou uma empresa particular de segurança que já vinha realizando ações de vandalismo no acampamento”.
 
Os membros do MST exigem uma posição urgente da Ouvidoria Agrária Nacional e dos órgãos competentes para esclarecer as circunstâncias do crime. Também solicitam do Instituto Nacional de Colonização e Reforma Agrária (Incra) imediata providência para acolher as famílias que foram expulsas e não têm para onde ir. (Blog do Gusmão)

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Botão Voltar ao topo