Justiça

Ministro do STF autoriza busca e apreensão contra Rodrigo Janot

O Supremo Tribunal Federal autorizou a Polícia Federal ir até a casa e escritório do ex-procurador-geral da República, Rodrigo Janot, na tarde desta sexta-feira (27), para apreender armas, celulares, tabletes e computadores.

Janot revelou nesta quinta-feira (26), ter ido ao STF armado para matar o ministro Gilmar Mendes e em seguida se suicidar, mas acabou desistindo.

Mendes encaminhou hoje um pedido ao Ministro Alexandre de Moraes para suspender o porte de arma do ex-procurador.

A operação foi autorizada no âmbito do inquérito que apura ofensas, ameaças e informações falsas contra ministros do STF.

A PF deixou o endereço por volta de 18h55min, arma do ex-procurador foi apreendida. Uma medida cautelar impede Janot de se aproximar de ministro da Suprema Corte.

Etiquetas
Mostrar mais

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Botão Voltar ao topo
Fechar