Cidades

Petistas e tucanos trocam ofensas durante interrogatório de Renato Duque na Câmara

PT X PSDB - OFENSASDeputados federais ligados ao PT e ao PSDB interromperam o interrogatório do ex-diretor da Petrobras, Renato Duque, na Câmara, para trocar ofensas. Os parlamentares petistas reagiram à declaração do Delegado Waldir (PSDB-GO), de que seria preciso encomendar no comércio de Brasília óleo de peroba para os deputados petistas. Os deputados Jorge Solla e Afonso Florence (PT-BA), Valmir Prascidelli (PT-SP) e Maria do Rosário (PT-RS) trocaram insultos contra o deputado tucano, provocando uma breve interrupção do depoimento e a intervenção do presidente da CPI da Petrobras, Hugo Motta (PMDB-PB). Os membros da CPI tentaram ouvir Renato Duque desde a manhã desta quinta-feira (19), mas o ex-diretor se recusou a responder quaisquer questionamentos. “Eu me recusei a responder às perguntas da CPI por orientação da minha defesa e isso não significa que eu seja culpado. Eu vou provar que meus bens não são produto de corrupção. Tenho orgulho de ter trabalhado na Petrobras e lamento o que está acontecendo na companhia”, disse Duque, ao final da reunião da CPI.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Botão Voltar ao topo