Geral

Petistas admitem que o jogo está desfavorável

LULA - CABISBAIXODepois de derrota na comissão do impeachment e com a possível saída do governo de partidos da base aliada, parlamentares do PT admitem que o jogo está ainda mais desfavorável nesta terça-feira (12).  

Na segunda-feira (11), o deputado Maurício Quintella Lessa (AL) deixou a liderança do PR para votar a favor do impeachment na Comissão. Líderes do PT receiam que o gesto dele carregue não só deputados do partido, mas também do Partido Progressista (PP), comandado pelo senador Ciro Nogueira (PI), ligado a Lessa, que tende a fechar questão favorável ao impedimento.

Leia mais

Procurador da Lava Jato diz que sistema político brasileiro está apodrecido

Cobra píton gigante é capturada na Malásia

Ex-presidenta da Argentina será investigada por lavagem de dinheiro

“As conversas do Temer é que nos complicaram, principalmente com o Maurício Quintella (PR), que chutou o pau da barraca, e com o Ciro Nogueira (PP). O áudio que o Temer vazou, inclusive, pega mal para fora do Congresso, mas aqui foi muito bom para eles”, afirma um dirigente petista.

Nos últimos dias, o ex-presidente Lula se reuniu algumas vezes com o presidente do PP, mas, segundo petistas, Temer tem mais a oferecer do que Dilma.

O deputado Wadih Damous (PT-RJ) afirma que o trabalho de Lula será complicado, “Lula vai ter que tirar um coelho da cartola” admitiu o petista.

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Botão Voltar ao topo