Cotidiano

Pesquisa para eleição presidencial coloca Ciro atrás de Lula e empatado com Bolsonaro no Ceará

Em 1989, o presidenciável pedetista Leonel Brizola usou o slogan “Quem conhece o Brizola vota no Brizola”, em alusão à preferência nos dois estados que governou (Rio de Janeiro e Rio Grande do Sul). Passados 32 anos, Ciro Gomes atua para buscar o mesmo cargo pelo PDT nas eleições do próximo ano, mas não repete a liderança em seu berço político.

Pesquisa divulgada nesta segunda-feira (24), pelo Valor Econômico, mostra que Ciro perde no Ceará para o ex-presidente Lula e empata com o atual presidente, Jair Bolsonaro, no Ceará.Realizada pela empresa de consultoria Atlas, a sondagem revela que o presidenciável do PT teria uma folgada maioria de 50,8% das intenções de voto. Ciro e Bolsonaro ficaram com 23,2% e 22,1%, respectivamente.

Em diálogo com o Centrão, o presidenciável do PDT pretende chegar ao Palácio do Planalto como uma terceira via, alternativa a uma eventual polarização Bolsonaro x Lula.

A pesquisa foi realizada entre os dias 14 e 21 deste mês, por consulta online e escolha aleatória dos entrevistados. A margem de erro é de três pontos. Na simulação para segundo turno, o pedetista venceria Bolsonaro por 71,6% dos votos contra 20,8%. O atual ocupante do cargo também seria batido por Lula, por 67,3% dos votos contra 23,5%.

Valor Econômico

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Botão Voltar ao topo