BrasilGeral

Pesquisa ModalMais/Futura aponta crescimento de Lula na reta final da disputa

O petista cresceu 4,5 pontos percentuais em uma semana; diferença no segundo turno também aumentou

Pesquisa divulgada pela Futura Consultoria e encomendada pelo Banco Modal, nesta sexta-feira (30/9), mostra um crescimento do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva (PT) na reta final da disputa pelo Palácio do Planalto.

De acordo com o levantamento, o petista tem 43,6% dos votos válidos no primeiro turno enquanto o presidente Jair Bolsonaro (PL) tem 40,5%. Na pesquisa da semana passada, os dois estavam tecnicamente empatados, com uma leve vantagem de Bolsonaro. 

A pesquisa também mostra um crescimento da senadora Simone Tebet (MDB). A emedebista agora ocupa a terceira posição com 7,7% dos votos. Ciro Gomes (PDT) aparece na sequência com 6%.

Na simulação de segundo turno, a diferença entre os dois principais concorrentes também teve crescimento. Passou de 2,6 pontos percentuais na semana passada para 4,8 pontos. Segundo o levantamento, Lula venceria com 47,7% dos votos contra 42,9% de Bolsonaro.

Os dois candidatos que lideram a pesquisa também são os mais rejeitados. Segundo o levantamento, 42,9% dos eleitores não votariam em Bolsonaro, já 40% não votariam em Lula. Além disso, 43,8% afirmaram ter medo da continuação do atual governo e 41,9% disseram temer a volta do PT.

Artigos relacionados

Para 39,3%, o governo de Jair Bolsonaro é ruim ou péssimo. Outros 35,7% avaliam como ótimo ou bom. Os eleitores também foram questionados como avaliam o governo do ex-presidente Lula (2002-2010). Para 46,7%, o governo foi ótimo ou bom. Já para 31,9% foi ruim ou péssimo.

A pesquisa escutou 2 mil pessoas, com margem de erro de 2,2 pontos percentuais para mais ou para menos e confiabilidade de 95%. As entrevistas foram realizadas de 26 a 28 de setembro de 2022. A pesquisa está registrada no Tribunal Superior Eleitoral sob o número BR-06743/2022. 

Correio Braziliense


Artigos relacionados

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Botão Voltar ao topo

Adblock detectado

Por favor, considere apoiar-nos, desativando o seu bloqueador de anúncios