Cidades

Perseguição e tiroteio provocam pânico na Paralela; um assaltante foi baleado

Três homens assaltavam pedestres na via.

(Foto: Bruno Wendel/CORREIO)

Uma perseguição com direito a troca de tiros causou pânico e terminou com um assaltante baleado na Avenida Paralela, na manhã desta sexta-feira (27). De acordo com a Polícia Militar, uma guarnição da Rondesp (Central) recebeu a denúncia de que três homens roubavam transeuntes próximo à loja de material de construção Ferreira Costa, desde o início da manhã.

Os três homens estavam a bordo de um Fiesta prata (placa NYP-7768, de Lauro de Freitas), que teria sido roubado. Segundo a Rondesp, por volta das 9h30, o carro voltou a assaltar pessoas que estavam em um ponto de ônibus da via. A polícia foi acionada por um motociclista que passava na região e a Rondesp começou, então, a seguir o veículo.

Já na altura do Centro Administrativo da Bahia (CAB), a viatura da Rondesp localizou o veículo – despertando a atenção dos bandidos para a perseguição. Em frente ao Estádio de Pituaçu, os policiais determinaram a parada do carro, mas os suspeitos não respeitaram e continuaram a fuga. O trio de assaltantes começou, então, a atirar em direção à viatura da PM, dando início à troca de tiros. Quando Fiesta onde estavam os assaltantes tentou entrar na via marginal da Avenida Paralela, próximo à Ferreira Costa, o motorista do grupo perdeu o controle do veículo e bateu em um poste.

No confronto, um dos assaltantes foi baleado na boca e no tórax. Ele foi socorrido pela viatura da Rondesp e encaminhado ao Hospital Geral Roberto Santos. Com ele, foram apreendidos um revólver calibre 38 e cinco celulares que foram roubados das vítimas. Não foram divulgadas informações sobre o quadro de saúde do assaltante ferido.

Os outros dois suspeitos conseguiram fugir: a pé, atravessaram a avenida – inclusive, o canteiro de obras do Metrô de Salvador – e entraram em um matagal do outro lado da via. Um helicóptero do Grupamento Aéreo da Polícia Militar (Graer) faz buscas na região, neste momento, para localizar os dois suspeitos. Ainda de acordo com a Polícia Militar, o caso será investigado pela Delegacia de Repressão a Furtos e Roubos (DRFR).

A viatura da Rondesp ficou com cinco perfurações de tiro. Já o Fiesta usado pelos bandidos ficou parcialmente destruído com a batida. No interior do veículo, foram encontrados acessórios femininos e itens de maquiagem, como batom e lápis de olho.

Apesar dos relatos de que a Avenida Paralela e a via marginal teriam sido fechadas após o tiroteio, mas, procurado, o Núcleo de Operações Assistidas (NOA) da Transalvador não confirmou a informação sobre a retenção.  Correio24h

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Botão Voltar ao topo