AmargosaJiquiriçáLajeMutuípeSlideUbaíra

Período chuvoso evidencia a falta de manutenção das estradas rurais em diversas cidades do Vale do Jiquiriçá

Problema se estende ao Baixo Sul.

A chuva registrada nas regiões do Vale do Jiquiriçá e Baixo Sul, entre a quinta-feira (8) e domingo (11), evidenciou os problemas com recuperação de estradas em pelo menos sete município: Amargosa, Elísio Medrado, Laje, Mutuípe e São Miguel das Matas, Ubaíra e Valença.

Desde sábado, os moradores do Bom Jesus em Mutuípe, se queixam de lama e veículo atravessados em ladeiras da região, o problema se estende ao Cariri e Novo Ferro Velho em direção ao Pé de Serra.

Moradores da Terra Seca e Sete Voltas, no município de Laje clamam por solução aos buracos há muitos anos.

Na zona rural de Valença a situação é crítica em muitas regiões, em conversa com o administrador Vicente Jr, ele informou já ter recuperado o Agosto, que recupera Tremedal / Contendas, em seguida fará algumas estradas do Saruê / Garapa e após isso a Serra do Abiá, que segundo ele está ilhada. Posteriormente todo o Tabocal será contemplado.

No início de 2021 o governador Rui Costa esteve na cidade de Santo Estêvão e autorizou obras nas estradas vicinais dos municípios de Água Fria, Amélia Rodrigues, Anguera, Antônio Cardoso, Conceição da Feira, Conceição do Jacuípe, Coração de Maria, Ipecaetá, Irará, Santa bárbara, Santanópolis, Santo estevão, São Gonçalo dos Campos, Tanquinho, Teodoro Sampaio e Terra Nova, através de um consorcio dos município. A iniciativa ajuda os prefeitos e poderia também ser adotada no Vale, Recôncavo e Baixo Sul, visto que as prefeituras não conseguem executar o cronograma de recuperação.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Botão Voltar ao topo