Cotidiano

‘Pensei muito em explodir a Casa Branca’, diz Madonna em protesto

A cantora Madonna fez um discurso carregado de palavrões e revolta na “Marcha das Mulheres” realizada em Washington, no último sábado (21). Um dia após a posse do novo presidente dos Estados Unidos Donald Trump, o movimento foi organizado para protestar contra declarações sexistas proferidas pelo republicano e a favor dos direitos das mulheres.

Com discurso carregado de palavrões e revolta, a cantora desabafa: “foi preciso este momento horroroso de escuridão para nos acordar, p*. Parece que entramos em um falso senso de conforto, de que a justiça prevaleceria e o bem venceria no final”, afirmou.

 

Madonna, que fez campanha para a candidata Hillary Clinton, disse também que nem tudo está perdido: “bem, nós não vencemos a eleição, mas o bem prevalecerá”.

Para Madonna, a “Marcha das Mulheres” representa uma “revolução”. “Aos opositores que estão falando que essa marcha não vai adiantar em nada: vão se f*. Vão se f*. É o começo de uma mudança necessária”, encorajou os participantes.

“Sim, estou nervosa. Sim, estou revoltada. Sim, pensei muito em explodir a Casa Branca. Mas sei que isso não vai mudar nada. Não podemos cair no desespero.”

Noticias ao Minuto

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Botão Voltar ao topo