Slide

‘Pelegrino perdeu hoje o meu respeito como colega e como homem’, diz Lúcio Vieira Lima

O presidente do PMDB na Bahia, Lúcio Vieira Lima, rebateu as declarações feitas pelo postulante a prefeito de Salvador, Nelson Pelegrino (PT), durante entrevista coletiva nesta quinta-feira (11). O petista afirmou em entrevista ao Bahia Notícias que o apoio peemedebista ao candidato do DEM, ACM Neto, repetia a aliança que elegeu João Henrique em 2008. “Lamento que o candidato Pelegrino venha a fazer essa afirmativa agora, depois que não conseguiu o nosso apoio. Ele esteve comigo na casa do meu querido pai, Afrísio Vieira Lima, sentou no nosso sofá, onde pediu insistentemente o nosso apoio, perguntando o que poderia fazer para tê-lo, oferecendo participação inclusive em um eventual futuro governo dele”, afirmou o deputado federal, em entrevista ao Bahia Notícias. “Ele tratou comigo, conversou comigo, inclusive sobre assuntos relativos ao seu falecido pai. O candidato Pelegrino perdeu hoje o meu respeito como colega e como homem”, lamentou o peemedebista. “Acrescento ainda que também recebi ligações do secretário [da Casa Civil] Rui Costa (PT), do deputado Marcelo Nilo (PDT), todos pedindo o apoio do PMDB. E revelo isto à Bahia diante do comportamento pouco ético do candidato Pelegrino, pois não é do meu feitio revelar conversas particulares. Diante da afirmação dele hoje e do seu comportamento, eu estou mais certo do que ontem e mais convicto do que ontem que o PMDB tomou a decisão certa em apoiar ACM Neto”, indignou-se.

Bahia Noticias

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Botão Voltar ao topo