GeralNotícias

Pelegrino critica 100 dias de governo de ACM Neto: ‘Baixa efetividade’

NELSON PELEGRINOCandidato derrotado no segundo turno da disputa pela prefeitura de Salvador, o deputado federal Nelson Pelegrino (PT) disse que os primeiros 100 dias do novo gestor da capital baiana, ACM Neto (DEM), à frente da administração municipal foram de “baixa efetividade” das ações administrativas e financeiras anunciadas. Segundo o petista, dos 32 decretos baixados pelo democrata, 24 não tiveram resultado na prática. Entre os casos, estariam, de acordo com o parlamentar, medidas referentes à política de pessoal, saneamento básico, atenção psicossocial ou o plano de concessão das linhas do transporte coletivo. O deputado ainda criticou a equipe montada por Neto. “Ele anunciou com estardalhaço o seu great team de secretários, mas escolheu Mauro Ricardo [Fazenda], investigado pelo Ministério Público Federal; Maurício Trindade [Promoção Social e Combate à Pobreza], que responde a processo no Supremo, e João Carlos Bacelar [Educação], investigado por suspeita de irregularidade em contrato com a Fundação Pierre Bourdieu”, exemplificou Pelegrino. Informações do jornal A Tarde.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Botão Voltar ao topo