Entretenimento

Paula Fernandes declara: ‘Traição fica para sempre, deveria ser crime’

Protagonizando alguns dramas pessoais que foram acompanhados pelo público, Paula Fernandes teve que explicar, em conversa com Leo Dias, se a sua música ‘Traição’ tinha a ver com os períodos turbulentos pelos quais passou recentemente.

“Acho que tem muito de mim nesta música, mas fiz da minha voz, nesta canção, a voz de todo mundo que passa por isso. Quantos homens e mulheres não passam por isso diariamente em silêncio? Sofrem esse tipo de violência psicológica e imoral, que eu acho que deveria ser crime? Eu acho que a traição é uma marca que fica dentro da pessa, seja de qualquer tipo. Traição deveria ser crime porque magoa! É muito profundo, aquilo ali fica para sempre, fica uma cicatriz”, desabafou a cantora.

 

Paula entregou que, sim, já foi traída e já perdoou, mas que hoje em dia não confia novamente em que comete erros do tipo. “Eu perdoo, mas quem traiu uma vez, trai duas. O traidor vai continuar existindo”, conta ela, que terminou o namoro com Henrique do Valle, em 2016, sob boatos de que ele a havia traído.

Hoje a moça namora o cantor lírico Thiago Arancam e se mostra feliz. “Estou plena, igualzinho a um arroz bom, sabe? Soltinha! A gente não tem que deixar para depois, o feliz tem que ser pra hoje! A gente só tem o dia de hoje, o futuro não existe”, finaliza.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Botão Voltar ao topo