Justiça

Pastor Valdemiro terá que pagar R$ 300 mil após falsas promessas de cura para Covid-19

Após fazer promessas e vender sementes de feijão afirmando a cura a Covid-19, o Pastor Valdemiro Santiago, da Igreja Mundial do Poder de Deus, terá de pagar cerca de R$ 300 mil de indenização por ter divulgado a falsa cura, segundo o Ministério Público Federal (MPF), por uma ação civil pública.

O Ministério da Saúde tinha divulgado em seu site oficial que os anúncios eram enganosos, mas logo depois foi removido sem explicação. Agora, o MS também está sendo alvo da ação. De acordo com o MPF, o órgão pede que a Justiça Federal conceda uma liminar obrigando o Ministério da Saúde a colocar novamente que as informações são falsas, além de publicar quem autorizou a retirada da notícia do site.

Em seu canal no YouTube, Valdemiro chegou a citar que um fiel comprou o feijão e se curou, ainda mostrou um atestado médico. As sementes eram vendidas por até R$1000 cada. Ainda não há cura para a covid-19, de acordo com informações da Organização Mundial da Saúde (OMS), nem remédio que tenha eficácia contra a doença, afirma a Agência Nacional  de Vigilância Sanitária (Anvisa).

Bnews

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Botão Voltar ao topo
Fechar