Geral

Parceria entre Prefeitura e Senai certifica mais profissionais para mercado de trabalho

Moradora do bairro de São Caetano, a assistente administrativa Luciana Reis, de 32 anos, enxergou no programa Treinar para Empregar uma oportunidade de mudar de profissão e ter mais oportunidades no mercado de trabalho. Aluna do curso de instalador elétrico, ela disse que as aulas permitiram que saísse da “zona de conforto” e agora considera-se apta para atuar em uma nova função.

Assim como Luciana, outros dez alunos participantes das primeiras turmas do programa, realizado em parceria com o Serviço Nacional de Aprendizagem Industrial (Senai-Ba), receberam certificado de conclusão entregue pelo prefeito Bruno Reis, em cerimônia simbólica realizada nesta quarta-feira (14), na unidade Dendezeiros do Senai-Ba, na Cidade Baixa. Também estiveram presentes no evento as titulares das secretarias municipais de Desenvolvimento Econômico, Emprego e Renda (Semdec), Mila Paes, e de Políticas para Mulheres, Infância e Juventude (SPMJ), Fernanda Lordêlo, dentre outras autoridades.

A iniciativa é proveniente do contrato assinado em julho passado, entre a Prefeitura e o Senai, e que segue até dezembro, prevendo a capacitação total de 4.380 mil pessoas em 39 turmas, sendo 2.820 jovens e trabalhadores e 1.560 mulheres. O investimento foi de R$4 milhões.

São 177 cursos gratuitos já oferecidos, destinados à formação de eletricista, pedreiro polivalente, pintor, manutenção de ar-condicionado, instalador de som automotivo, eletricidade automotiva, montador de sistema fotovoltaico, mecânico automotivo, operador de empilhadeira, logística de distribuição, português e matemática, instalações elétricas predial, assistente de recursos humanos, auxiliar de logística, dentre outros.

“Não há nada que dê maior dignidade do que a realização de sonhos. Salvador tem um problema grande de desemprego e sabemos que para vencer essa barreira temos que trabalhar a questão da qualificação profissional. O Simm, por exemplo, tem setores que necessitam de pessoas e não encontra trabalhadores preparados para ocupar essas profissões. Por isso, programas como o Treinar para Empregar vêm para contribuir na capacitação dos profissionais para o mercado de trabalho e para o empreendedorismo”, afirmou o prefeito Bruno Reis.

“O Treinar para Empregar me fez enxergar com outro olhar áreas em que eu jamais imaginaria que estivesse. As aulas me proporcionaram um conhecimento muito mais avançado, tive bastante suporte da instituição e pude contar com a colaboração de meus colegas. Isso me deixa muito feliz, porque eu vejo o mercado de trabalho como uma esteira rolante, ou seja, a gente não pode ficar parada em cima, temos que andar conforme a velocidade da esteira. O mercado está cada vez mais competitivo e mais exigente”, relatou Luciana Reis.

Amplitude – Até o final deste ano, a Prefeitura vai capacitar quase 8 mil pessoas, fortalecendo o conceito do Serviço de Intermediação de Mão de Obra (Simm), que compreende a qualificação de trabalhadores como ferramenta importante para aumentar a possibilidade de contratação no mercado de trabalho. Os cursos então realizados pelo Treinar para Empregar atendem a uma demanda empresarial, sobretudo nos setores da construção civil e automotivos, além de permitirem a formação de um banco de dados de pessoas qualificadas, inseridas num público mais diversificado, contemplando diversos gêneros.

“O Treinar para Empregar veio suprir uma demanda nessa área de capacitação e qualificação de mão de obra, que consideramos ser uma das alavancas para o desenvolvimento econômico da cidade. Escutamos isso dos empresários que já estão aqui e dos investidores que querem vir sobre a importância da qualificação”, declarou Mila Paes.

Para Fernanda Lordêlo, os programas de capacitação trazem também muita força para as mulheres, pois permitem que elas atuem em funções que não ocupavam antes. Além do Marias da Construção, desenvolvido pela pasta para formação de mão de obra feminina para a construção civil, também está sendo desenvolvido o Auto Mulher, que capacitará 589 alunas em 28 turmas para a área de manutenção e mecânica automotiva.

Artigos relacionados

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Botão Voltar ao topo

Adblock detectado

Por favor, considere apoiar-nos, desativando o seu bloqueador de anúncios