Cotidiano

Para proteger empregos, Dilma cria MP que permite reduzir salário e jornada

DESEMPREGOA presidente Dilma Rousseff assinou nessa segunda-feira (6) uma medida provisória (MP) do Programa de Proteção ao Emprego. A medida permite que a jornada de trabalho e o salário dos trabalhadores sejam reduzidos durante a atual crise econômica.
O programa é válido até 31 de dezembro de 2016.
A medida vai permitir que as empresas diminuam em até 30% a jornada de trabalho e em até 30% também o salário dos funcionários, durante um período entre seis meses e um ano.
O governo vai bancar metade da redução de salários com recursos do FAT (Fundo de Amparo ao Trabalhador).
Segundo o governo, o programa é destinado a proteger empregos e empresas de setores que estão em crise, com queda de produção e vendas –como é o caso das montadoras. Os critérios para estabelecer quais setores são esses será definido pelo próprio governo.
(Com Valor e Estadão Conteúdo)

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Botão Voltar ao topo