Cotidiano

Pai luta por transplante do filho e se acorrenta em frente e Justiça Federal em SP

Sofrimento já dura um ano e quatro meses, criança se alimenta pelas veias.

Foto: Marcos Alves / Agência O Globo

Um pai luta por um transplante para o filho há um ano e quatro meses, José Gomes Soares, 26 anos,  que é pai de uma criança identificada somente pelo prenome Samuel, diagnosticado com uma doença chamada síndrome de Berdon, uma doença rara que impede que o aparelho digestivo e urinário funcione.

 

No inicio do mês de abril, José decidiu levar o caso a justiça, a criança precisa de um transplante multivisceral, e como forma de pressionar as autoridades pela resolução do caso, ele decidiu se acorrentar em frente ao prédio da Justiça Federal na avenida Paulistana, Grande São Paulo.

 

Desde que ficou acorrentado, José decidiu também fazer greve de fome, Samuel ter se alimentado através da nutrição parenteral, quando o alimento é injetado diretamente na veia, porém desta forma a criança tem ficado debilitado devido à obstrução das veias.

 

O pai do garoto revelou ao O Globo que ainda conseguiu uma carta de aceite dos Estados Unidos para realizar o procedimento, mas os custos ficariam em torno de 3 milhões de reais, o governo federal rejeitou a proposta afirmando que com o valor seria possível salvar mais de seis mil pessoas e propôs tratamento em Porto Alegre,  mas não deu garantias de cura.

 

Até o momento a justiça não decidiu sobre o caso.

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Botão Voltar ao topo