Cidades

Pai confessa ter estrangulado filha no Paraná

pai e filha - paranaO pai da criança de quatro anos encontrada em um terreno baldio, na cidade de Rolândia, no Paraná, confessou ter assassinado a pequena Maria Clara. O depoimento aconteceu após o resultado do laudo do Instituto Médico Legal mostrar que a vítima foi asfixiada.

Um laudo do IML (Instituto Médico Legal) afirmou que a pequena Maria Clara Moises Cavalcanti foi asfixiada. O exame desmente a versão dos pais, que em depoimento à polícia afirmaram ter dado uma alta dose de remédio para a criança, mas o laudo médico diz que Maria Clara foi esganada enquanto dormia

Edson Bercamasque, pai da criança, confessou ter assassinado a filha no início de janeiro, na cidade de Rolândia.”Eu fui querer corrigir ela, mas na hora ela não veio a óbito. Só depois que ela apresentou dores abdominais e, pela manhã, acordou morta”.

No entanto, segundo ao site R7, Bercamasque afirmou que deve ir preso.” Se eu errei, eu quero pagar por isso”. Questionado se a mãe da Maria Clara, Thais Daiane Moises Cavalcante, estivera presente no ato do homicídio, o suspeito negou. “Na hora que ela viu a Maria morta, ela pegou as outras crianças e saiu de casa”.

Os pais da vítima foram presos na última semana e indiciados por homicídio e ocultação de cadáver. O casal tem histórico de agressão  contra os três filhos. O casal foi encaminhado na terça-feira (26) para Rolândia, onde devem permanecer até o julgamento, ainda sem data marcada, de acordo com o delegado responsável pelo caso

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Botão Voltar ao topo