Esportes

Óscar Tabárez deixa Seleção Uruguaia após 15 anos

Óscar Tabárez comandou a Seleção Uruguaia em 226 partidas. Obteve 109 vitórias, 57 empates e 60 derrotas. Sua segunda passagem, iniciada em 2006, revolucionou o futebol do país. Nesta sexta-feira (19), “El Maestro” deixou seu posto. O anúncio foi feito pela Associação Uruguaia de Futebol (AUF). 

“O Comitê Executivo da AUF tomou essa difícil decisão em virtude das circunstâncias presentes, comprometido com o futuro próximo e a obtenção de resultados que todos esperamos”, escreveu a entidade, em comunicado. 

O Uruguai vinha de quatro derrotas consecutivas, sendo a última por 3 a 0 para a Bolívia, em La Paz. A situação ficou complicada nas eliminatórias sul-americanas para a Copa do Mundo. O país ocupa a 7ª colocação, com 16 pontos, e neste momento não se está se classificando para a competição. 

A imprensa uruguaia aponta que o favorito para substituir Tabárez na Celeste é Diego Aguirre, atual treinador do Internacional. 

“Expressamos enfaticamente que esta decisão não implica desconhecer a importante contribuição de Tabárez ao futebol uruguaio. Cumprimentamos e reconhecemos as fundamentais conquistas esportivas obtidas nestes 15 anos, que colocaram o Uruguai novamente nos primeiros lugares do futebol mundial”, prosseguiu a AUF. 

Tabárez é o treinador que mais esteve à frente de uma seleção em Copas do Mundo. Após o Uruguai ficar de fora das edições de 1994, 1998 e 2006, El Maestro levou a Celeste para todas as edições seguintes, ficando inclusive com uma quarta colocação em 2010. 

Antes disso, ele ainda comandou a seleção na Copa de 1990, quando o Uruguai caiu nas oitavas de final, após perder para a Itália. A equipe terá quatro jogos para se recuperar e tentar ir à Copa do Catar. 

Bahianoticias

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Botão Voltar ao topo