Geral

Os cuidados com a saúde bucal necessários durante a pandemia

Durante esse período emergencial, muitas pessoas têm aproveitado a necessidade de usar máscara em público e o distanciamento social para relaxar as rotinas de cuidado com os dentes. No entanto, a saúde bucal durante a pandemia é fundamental para a prevenção do contágio ou do agravamento do quadro da Covid-19.

Isso porque a boca é uma das principais vias de acesso do vírus ao nosso organismo. Por isso, as doenças bucais podem facilitar a sua introdução na corrente sanguínea e tornar mais rápida a infecção dos tecidos pulmonares.

A boca é, naturalmente, uma região úmida e propícia ao crescimento de bactérias e vírus. Assim, o cuidado com a higiene bucal deve ser ainda mais aprimorado durante esse período de pandemia, e alguns hábitos devem ser vigiados ou até revisados.

A importância da saúde bucal para o combate do Coronavírus

Que as doenças bucais como a cárie e as inflamações gengivais são altamente danosas à saúde e integridade dentária, todos já estamos cansados de saber. 

Contudo, são poucos os que têm ciência dos impactos que essas enfermidades causam em todo o organismo.

A periodontia é a mais grave delas. Essa patologia é uma infecção agravada dos tecidos gengivais, que passa a afetar os ossos e nervos que fazem a sustentação dos dentes. 

Quando as bactérias atingem os vasos sanguíneos da região, elas podem se espalhar por todo o corpo. Para se ter uma ideia, estudos indicam que esses microrganismos fazem colônias nas paredes das artérias, no coração, pulmão, útero e até no cérebro. 

A infecção desses órgãos é responsável pelo surgimento de doenças sistêmicas como as cardiopatias, gastrite e até mesmo doenças respiratórias.

Quando o vírus da Covid-19 entra em contato com as feridas periodontais, por meio da saliva, a infecção bacteriana dá acesso ao sistema sanguíneo e o vírus alcança mais rapidamente e facilmente os pulmões.

Além disso, a saliva ajuda esse vírus a se multiplicar com mais rapidez, aumentando a carga viral lançada para as vias respiratórias.

Pesquisadores do Catar descobriram que os pacientes que possuíam a forma mais grave de periodontite eram até três vezes mais propensos a ter complicações com o coronavírus.

Essas pessoas precisam ser internadas na Unidade de Tratamento Intensivo (UTI), entubados e até apresentam maiores probabilidades de morrer devido às complicações do quadro.

Cuidados bucais necessários durante a pandemia

Por isso, o cuidado com a saúde e com aintegridade dentária deve ser ainda mais atento nesse momento de isolamento social. 

Com isso, os hábitos de higienização dos dentes, do aparelho ortodôntico e de toda a cavidade bucal devem ocorrer com mais frequência e de forma mais completa.

Você ainda tem dúvidas de como melhorar sua rotina de escovação? Abaixo estão algumas dicas de como otimizar a saúde da sua boca por meio de cuidados individuais básicos.

  1. Atenção com a limpeza das mãos

A limpeza das mãos é fundamental para manter-se seguro contra a infecção viral. 

Por isso, é necessário lavá-las adequadamente com água e sabão antes do início da rotina de escovação e do uso diário do fio dental.

A mão é o meio mais provável de transmitir o vírus para a cavidade oral e para as vias nasais, por isso, evite tocar essas regiões ou coçar os olhos, principalmente quando estiver fora de casa.

  1. Higienização bucal

A escovação dos dentes deve ocorrer três vezes ao dia, ou após as principais refeições. Além disso, o uso do fio dental deve ocorrer todos os dias, pois essa é a única forma de limpar os sulcos gengivais e impedir o acúmulo de bactérias causadoras da inflamação.

Os pacientes que utilizam o aparelho movel ou a prótese dentária precisam atentar-se à escovação apropriada desses acessórios, para a remoção das bactérias e germes que possam estar acumulados em sua superfície.

É possível higienizar profundamente esses dispositivos, mergulhando-os em uma mistura de água com bicarbonato de sódio, uma vez por semana.

  1. Consultas com o dentista em questões emergenciais

As consultas de manutenção de procedimentos odontológicos, como a lente de contato dental, ainda podem ser realizadas, mas indica-se que sejam suspensas durante a pandemia, com exceção de casos emergenciais. 

Nesse sentido, devem procurar o atendimento presencial todos os pacientes que apresentarem sintomas como:

  • Sangramento gengival durante a escovação;
  • Dores nos dentes;
  • Mau hálito constante;
  • Quebras ou trincos nos dentes;
  • Quebra do aparelho fixo.

Esses casos são considerados emergenciais e precisam de intervenção imediata para impedir a progressão da doença e o desenvolvimento de problemas periodontais. 

Se a pessoa estiver com dúvidas quanto à necessidade de consulta, ela pode marcar uma teleorientação com um dentista de confiança e, caso a consulta seja necessária, os protocolos de biossegurança devem ser averiguados e seguidos.

Cabe ressaltar, neste ponto, a importância do cuidado com a periodontite mesmo em próteses, pois ela também pode afetar os pacientes com implante dentário, causando a peri-implantite que, além de ser mais difícil de tratar, pode comprometer o sucesso do tratamento. 

Por isso, é necessário que esses pacientes também estejam atentos aos sintomas e façam as higienizações adequadamente.

Considerações finais

Por fim, é necessário lembrar que o uso da máscara é essencial sempre que for sair de casa e a interrupção de hábitos como roer as unhas ou morder a tampa de canetas é fundamental para impedir o contágio pela Covid-19.

Do mesmo modo, as visitas ao consultório precisam ser mantidas seguindo todas as recomendações de segurança para evitar diferentes contaminações, sejam as visitas feitas para a verificação da qualidade de um  clareamento dental ou mesmo a limpeza regular.

Apesar disso, é preciso reforçar que, neste período de isolamento, os tratamentos estéticos precisam ser reavaliados e, preferencialmente, devem ser adiados até que a situação sanitária melhore. 

Conteúdo originalmente desenvolvido pela equipe do blog Qualivida Online, site no qual é possível encontrar diversas informações e conteúdos sobre os cuidados com a saúde física e mental.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Botão Voltar ao topo