Cotidiano

OMS acompanha caso de varíola dos macacos descoberto no Reino Unido

A Organização Mundial da Saúde (OMS) informou nesta segunda-feira (17) ter sido notificada de um caso de de varíola dos macacos em um homem do Reino Unido, que teria contraído a doença durante viagem à Nigéria. 

De acordo com o Uol, a doença é rara e deriva de uma variação do vírus da varíola, porém com uma intensidade mais leve. Apesar de ser conhecida como varíola dos macacos, a doença não é transmitida por esses animais, mas sim por roedores. Entre os sintomas estão dor de cabeça, dor no corpo, febre, calafrios e manchas vermelhas.

A OMS apontou que, no caso notificado, o homem apresentou manchas vermelhas na pele – um dos sintomas da doença – no dia 29 de abril e retornou ao Reino Unido no último dia 4. A organização ressaltou ainda que a transmissão da varíola dos macacos não acontece facilmente e se restringe a quem teve contato bastante próximo com uma pessoa infectada. 

A agência de Segurança da Saúde do Reino Unido está investigando outro caso da doença, de duas pessoas que moram juntas em Londres, mas até o momento não existe qualquer relação com o paciente que veio da Nigéria. 

BN

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Botão Voltar ao topo