EntretenimentoMutuípe

O Livro Nascido na Noite, publicado por mutuipense

Daren, o livro de poesias de Mariana Ferreira que fascina os leitores com poemas rítmicos e sua escrita tátil.

A escritora, produtora cultural e multiartista mutuipense, Mariana Ferreira, nos instiga à leitura de uma obra densa, perturbadora e sensível, em sua primeira publicação: DAREN (nascido na noite, em Hausa).

DAREN mescla 17 anos de vivências e escritos da autora, passa por todas as fontes literárias bebidas nesse caminho e se apresenta de forma sucinta, direta e acessível. É um compilado polido de textos produzidos durante a madrugada, textos nascidos na noite, textos paridos de um processo criativo longo, e que tomam forma sob métodos diferentes de escrita. O conceito-chave faz as palavras girarem e confluírem, assim como as águas, podendo ser plenitude, mas também podendo afogar. 

Mariana desvia da poética-descartável de posts previsíveis do Instagram, e desenvolve um conceito rigidamente selecionado para não compor textos-preenchedores-de-página, como tem proposto os best-sellers literários. 

Para além de um livro de poesias, DAREN é um manifesto íntimo, é um material pedagógico, um diálogo profundo com quem se é quando se está sozinho, quando a noite vem e as palavras do dia começam a se engalfinhar em pensamentos, quando a rotina babilônica toma conta da mente e você precisa buscar equilíbrio para escapar das arapucas, quando é necessário utilizar o potencial bélico da produção artística.

Compre DAREN em: 

https://form.jotform.com/editremembe/loja?utm_medium=social&utm_source=heylink.me

Sobre a autora

Mariana Ferreira nasceu na noite de 24/09/2003, em Mutuípe-BA. Aos 17 anos já reúne uma caminhada sólida, diversa e cheia de andanças. Criada no Alto da Cajazeira, teve contato com a leitura e com a escrita quando criança e já fazia intervenções poéticas na Escola Maria Júlia, onde cursou o ensino fundamental I. Além de multiartista, ela também é produtora cultural e acredita na luta comunitária como caminho para construir libertação, emancipação e autonomia para o povo preto. É membro e co-fundadora do Coletivo Us7monstrinhos onde atua coordenando a Biblioteca Comunitária D. Edite Rodrigues. Já Participou de antologias poéticas e aos 11 anos foi premiada em 1º lugar no Concurso Literário da Casa de Cultura de Mutuípe.

Entre em contato e acompanhe as redes sociais da autora em:

Instagram: @pretamariferreira 

Facebook:  https://www.facebook.com/profile.php?id=100014387501695 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Botão Voltar ao topo