CidadesGeralPolítica

“O governador está fazendo a construção do PT”, opina Olívia sobre candidatura da Major Denice

O pré-candidata à prefeitura de Salvador pelo PCdoB, a deputada estadual Olivia Santana, opinou nesta sexta-feira (7) que as movimentações do governador Rui Costa (PT) para construir a candidatura da Major Denice Santiago dentro do Partido dos Trabalhadores são legítimas. 

“O governador está fazendo a construção do PT, e é um direito dele”, disse. A parlamentar acompanhou o chefe do executivo estadual durante a entrega da ampliação do terminal Aeroporto. 

Questionada sobre se existiam conversas com o PT para composição em uma possível chapa com a criadora da Ronda Maria da Penha, a pré-candidata disse que sua legenda tem dialogado com o PP, PSB e com os partidos da base aliada que tenham algum espaço para compor com o PCdoB. 

“Estamos conversando com os partidos da base aliada na expectativa de buscar mais um partido para somar com a gente, mas estamos tocando o nosso projeto”, salientou. Ela destaca que na próxima quarta-feira (12) o PCdoB dará início ao processo de discussão de um projeto de um programa idealizado para Salvador. 

O evento acontecerá às 18h, no Wish Hotel, na Avenida Sete de Setembro, em Salvador. Ela também refutou críticas de que o governador Rui Costa esteja perdido no processo de escolha do candidato à prefeitura de Salvador que apoiará na disputa do próximo mês de outubro. 

Anteriormente, o petista disse que deve segmentar seu apoio entre três candidatos. 

De acordo com essa estratégia, o pré-candidato do Avante, o deputado federal Pastor Sargento Isidório, já tem vaga garantida. Agora restariam duas candidaturas para serem definidas dentro da base – uma ao centro do espectro ideológico e outra à esquerda.

“Estamos ainda em janeiro. O PT está construindo a alternativa de uma candidatura que eles devem apresentar e nós estamos marchando com a nossa. A eleição é em dois turnos e o campo do governador tem condições sim de levar a eleição”, avaliou.

Ilê Aiyê

A deputada também disse que está acompanhando a situação do bloco Ilê Aiyê – que não conseguiu cumprir todos os quesitos de seleção do edital do Ouro Negro 2020 e perdeu o apoio financeiro para o Carnaval deste ano. 

Nesta manhã, governador disse que irá tratar do assunto em uma reunião. Olivia Santana avalia que, assim como nos anos anteriores, o governo do estado deve contribuiu para garantir o desfile de blocos tradicionais, como o Ilê, Olodum e Filhos de Gandhi. 

“O governo do estado sempre foi quem mais investiu nos blocos afro – com o carnaval Ouro Negro, com financiamentos especiais para os maiores blocos afro. Tenho certeza que esse ano não será diferente”, concluiu.

Bnews

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Botão Voltar ao topo