Notícias

Novo presidente do Paraguai diz que não houve golpe

O novo presidente do Paraguai, Federico Franco, afirmou neste sexta (22) que se esforçará para conquistar o reconhecimento dos países vizinhos. O novo mandatário disse se preocupar com o fato de nenhum país ter declarado reconhecê-lo como presidente após o julgamento político que depôs Fernando Lugo em apenas dois dias, mas reforçou que assumiu o cargo em um processo legal e respeitando a Constituição do país. “Meu país se orienta por regras muito claras, aqui não há nada de golpe, se fez um julgamento político, o Congresso por uma maioria praticamente unânime aprovou. O presidente teve apenas um voto na Câmara e quatro no Senado. O povo paraguaio está satisfeito com essa decisão”, disse. Franco deve anunciar ainda nesta sábado (23) mais nomes do novo ministério, após nomear os ministros de Relações Exteriores e do Interior após a posse. Questionado sobre uma suposta tentativa do Partido Liberal Radical Autêntico, que votou contra Lugo, de usar o cargo para chegar à Presidência nas eleições de abril de 2013, Franco reafirmou que não tentará uma candidatura após o período (a lei paraguaia não prevê a reeleição).

“Estou sendo claro com meu país. Vou terminar este mandato e entregar o poder no dia 15 de agosto de 2013 ao homem ou mulher eleito, sem me candidatar. Não vou violar o estado de direito, não vou apresentar nenhuma candidatura para nenhum cargo legislativo ou para o governo”, garantiu.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Botão Voltar ao topo