Esportes

Nos pênaltis, Brasil bate Argentina e é bicampeão do Superclássico

O Brasil conquistou pela segunda vez consecutiva o Superclássico das Américas. Entretanto, nesta quarta-feira, a taça veio de uma maneira mais sofrida. Enfrentando a pressão da torcida no temido estádio de La Bombonera, a equipe comandada por Mano Menezes acabou derrotada por 2 a 1 no tempo normal, mas superou a arquirrival Argentina por 4 a 3 nos pênaltis e triunfou na competição entre os dois grandes rivais do continente sul-americano. Ignacio Scocco marcou os dois tentos dos mandantes; Fred descontou. A vitória na primeira partida permitiu ao Brasil adotar uma postura mais cautelosa diante da pressão de La Bombonera. Com Ralf, Arouca e Paulinho no meio-campo, a equipe de Mano Menezes neutralizou a velocidade do setor de armação argentino, municiado nesta quarta-feira pelo cruzeirense Walter Montillo e o corintiano Juan Manuel Martínez.

FICHA TÉCNICA

ARGENTINA  3X4  BRASIL (Cobrança de penaltis)

Local: Estádio La Bambonera, na Argentina

Argentina: Orión, Lisandro López, Sebá, Desábato; Peruzzi, Cerro, Guiñazu, Vangioni, Montillo; Juan Martínez, Hernán Barcos (Scocco). Técnico: Alejandro Sabella. Brasil: Diego Cavalieri, Lucas Marques (Bernard), Réver, Durval, Fábio Santos (Carlinhos); Ralf, Paulinho, Arouca (Jean), Thiago Neves; Fred, Neymar. Técnico: Mano Menezes.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Botão Voltar ao topo