Cotidiano

Neto e Rui travam disputa indireta por transmissão do Carnaval

Publicamente o governador Rui Costa (PT) e o prefeito ACM Neto (DEM) líderes antagônicos da política baiana colocam “panos quentes” na fogueira eleitoral durante o Carnaval, mas nos bastidores e repartições a atitude é outra.

Um exemplo interessante de ser acompanhado é o da transmissão da folia no circuito Dodô, Barra-Ondina. Ainda no início do percurso dos trios que saem do Farol da Barra duas gruas estão posicionadas na saída das ruas perpendiculares à orla.

Um quarteirão separa as gruas das TV Bahia e da TVE. Na quinta-feira (8) houve uma tentativa de retirar o equipamento da tv pública dirigida pelo governo estadual. Isso “beneficiaria”, ou pelo menos deixaria a exclusividade, para a retransmissora da Globo em Salvador que é controlada pela família do prefeito de Salvador.

Os argumentos técnicos são apenas, neste caso, roupas para vestir uma disputa política. A medida ainda não foi adotada, mas comenta-se na rádio corredor que o prefeito ficou indignado com a “ousadia” da TVE e está procurando uma forma de tirar a grua.

Outro indicativo do clima bélico entre os dois protagonistas da eleição de 2018 na Bahia aconteceu na abertura do Carnaval também na quinta.

O governador Rui Costa resolveu, faltando 20 minutos para o rito de entrega das chaves da cidade ao Rei Momo, não aparecer na abertura oficial da folia. Optou por ir ao circuito Osmar, no Campo Grande, onde Harmonia do Samba abriu os trabalhos momescos com o patrocínio da gestão estadual.

Já no tradicional edifício Oceania, Neto e seu número grupo de seguidores (secretários, vereadores, assessores, seguranças e claque) assistiram aos primeiros sopros de Claudia Leitte.

Cada um na sua e cada qual “incendiando” a cerca do outro.

Bocãonews

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Botão Voltar ao topo