Cotidiano

Nestor Cerveró negocia fazer delação premiada

NESTOR CEVERONestor Cerveró iniciou as negociações de um possível acordo de delação premiada nesta quarta-feira (1), segundo a ‘Folha de S. Paulo’. A conversa entre o ex-diretor da área internacional da Petrobras, advogados da defesa, procuradores e representantes da Polícia Federal aconteceu na Superintendência da PF, em Curitiba. De acordo com o jornal, pessoas próximas à família revelaram que a decisão é por conta da saúde de Cerveró, que está prese desde janeiro.

Apesar de medicado e com acompanhamento psicológico, ele vem sofrendo ataques de pânico. Além disso, a ‘Folha’ teve acesso a relatos de que é comum vê-lo usando roupas sujas. Desde quinta-feira (25), ele divide a cela com o doleiro Alberto Youssef.

Em maio, Cerveró foi sentenciado a cinco anos de prisão em regime fechado pelo crime de lavagem de dinheiro. O jornal destaca que, por ser apontado como um dos arrecadadores do PMDB, essa delação seria importante para se chegar a membros do parido, como o presidente da Câmara dos Deputados, Eduardo Cunha. Procurada pela ‘Folha’, a advogada de Cerveró, Alessi Brandão, disse que “no momento” não pode falar do acordo.

Folha-Notícias ao Minuto

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Botão Voltar ao topo