Notícias

Nem no carnaval: Festa no interior de Goiás tem sexo explícito e atos libidinosos no meio da rua

Um dos maiores eventos de música sertaneja de Goiás, o “Caldas Country Show”, realizado em Caldas Novas, cidade da região sul do estado, tem dado o que falar nas redes sociais. O evento foi realizado neste sábado (17) e domingo (18). Imagens de sexo explícito e atos libidinosos nas ruas da cidade goiana durante a festa ainda causa polêmica na internet nesta segunda (19). Uma das pessoas que compartilhou as imagens na página mundial de computadores, o corretor de imóveis Júlio César Franco Sousa, de 25 anos, disse em entrevista ao G1 que não é o autor das fotos, mas que, durante os dias da festa presenciou diversos abusos de comportamento nas ruas da cidade. Morador de Goiânia, Sousa participa do Caldas Country há e seis anos e conta que “tem piorado muito” nos últimos três anos”. “Mas esse foi o mais avacalhado”, contou. Ele relatou que antes dos shows, ficava na praça central da cidade e presenciou sexo nas ruas, strip-tease na varanda de um hotel e até um homem ser baleado na perna. Mas o que mais chamou a atenção do corretor foi um grupo de turistas que dançava em cima de uma cabine policial. “Você fica pensando, que controle que a polícia tem?”, questiona. No Facebook, as cenas de sexo e violência dividiram as opiniões. Enquanto algumas pessoas condenam e dizem ser um “absurdo”, outras afirmam que há esse tipo de comportamento em todos os locais de grande concentração de público, como por exemplo o carnaval. O delegado da cidade, Lanivaldo José Mendes, afirmou que foi informado dos excessos durante os dias de festa, mas que não houve nenhum registro. “Esses comportamentos não foram oficializados. Ninguém foi conduzido à delegacia por estar praticando atos libidinosos ou conjunção carnal na rua”, explicou. Comerciantes e moradores de Caldas Novas, segundo o delegado, questionam a realização do Caldas Country. “Há um excesso que a sociedade não admite. Os comerciantes estão discutindo os reflexos desse evento para a cidade e o retorno é mínimo se comparado aos problemas que a festa traz”, disse. O evento reuniu durante dois dias nomes consagrados da música sertaneja, como Chitãozinho e Xororó, Luan Santana, Jorge e Mateus e Paula Fernandes.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Botão Voltar ao topo