Slide

Natura é condenada a pagar R$ 546 milhões por sonegação fiscal

NATURAA 1ª Turma da 2ª Câmara do Conselho Administrativo de Recursos Fiscais manteve integralmente uma autuação de R$ 546 milhões, em valores de 2013, contra a Natura, por sonegação fiscal em função de um ágio amortizado de R$ 1,28 bilhão.
A operação que deu origem ao ágio ocorreu em 2000, quando a Natura Empreendimentos passou a ser subsidiária integral da Natura Participações. Em 2004, segundo o site Brasil 247, elas foram incorporadas pela Natura Cosméticos, e então foi feito o aproveitamento do ágio.
Leia  mais
Susana Vieira entrega final de ‘A Regra do Jogo’
Ubatã: Prefeita é assaltada após ter casa invadida por homens armados
Sub-20 do Bahia vence a Juazeirense em Petrolina e mantém 100% tricolor em 2016
A Fazenda alegou que o ágio seria inexistente por ter sido gerado em operação que envolve empresas do mesmo grupo econômico.
A companhia, presidida por Roberto Oliveira de Lima, ainda pode recorrer da decisão no próprio conselho.
Noticias ao Minuto

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Botão Voltar ao topo