Cotidiano

‘Não vou puxar fila para fazer o que fizeram com Dilma’, afirma Rui sobre Bolsonaro

O governador da Bahia, Rui Costa (PT), não pretende interceder na governabilidade do país. O tema veio à tona na sexta-feira (17), quando o presidente compartilhou um texto que afirmava que o Brasil seria ingovernável. Em coletiva, na manhã desta segunda (20), o petista disse que Bolsonaro foi eleito pelos brasileiros e que as “coisas deveriam começar a funcionar”.

“Eu não vou puxar uma fila para fazer o que fizeram com a ex-presidente Dilma. Ele foi o presidente eleito. Acho que é preciso que as coisas comecem a funcionar no nosso Brasil. Agora, é preciso que o país tenha um rumo. Não dá para ficar nessa situação. Nós estamos no quinto mês e não há uma proposta em debate, só a da Previdência. Não se discute mais nada no Brasil. Como o Brasil vai retomar a confiança do mercado internacional? Como o país vai crescer ? Como o governo federal vai apoiar as obras de infraestrutura?”, questionou o governador.

Na coletiva, o petista ainda disse que a “ideologia” atrapalha o atual governo. “Tem que sentar de forma serena para discutir. Não é possível fazer isso governando com ideologia. Bolsonaro se elegeu criticando a ideologia na prática de governar, mas hoje ele faz isso”, completou o governador.

Encontro em Recife

Rui também falou sobre o encontro com o presidente, na próxima sexta-feira (24), em Recife.

“Estarei presente. Ele [presidente] vai participar de um Fórum na sexta e eu vou estar lá. Acho importante que o presidente venha para o Nordeste ouvir o pleito dos governadores”, disse o petista.

Oficialmente, a viagem de Bolsonaro marcará o lançamento do Plano Regional de Desenvolvimento do Nordeste (PRDNE), elaborado pela primeira vez, no âmbito da Superintendência de Desenvolvimento do Nordeste (Sudene).

O presidente vai se reunir, no Instituto Ricardo Brennand, complexo cultural da capital pernambucana, com 11 governadores. Além de Rui, todos da região confirmaram presença – Alagoas,Ceará, Maranhão, Paraíba, Pernambuco, Piauí, Rio Grande do Norte e Sergipe.

Bahia.ba

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Botão Voltar ao topo
Fechar