Entretenimento

‘Não preciso de um filho de outra cor para levantar bandeira’, dispara Karina Bacchi

A atriz Karina Bacchi disse em entrevista para a Veja que não escolheria um filho de outra cor caso optasse pela adoção. Recentemente, ela protagonizou um reality show em que tentou engravidar através de fertilização “in vitro”.

Seu primeiro filho, Enrico, foi concebido como uma “produção independente”, o doador escolhido foi um homem também loiro. Perguntada sobre o desejo de ser mãe novamente e se adotaria um filho que não se parecesse com ela, ela alegou que “não precisa de um filho de outra cor de pele”, complementando que o ato seria “levantar uma bandeira”.

Karina, no entanto, negou que seria racista e disse ter uma ONG em Paraisópolis onde convive “com várias etnias”. “Se eu fosse racista, como dizem na internet, não faria um trabalho assim com minha família envolvida”, defendeu-se.

BN

Etiquetas

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Botão Voltar ao topo
Fechar