Cotidiano

Najla diz a polícia que tablet que filmou supostas agressões praticadas por Neymar Jr. foi furtado

A Modelo Trindade disse a Polícia Civil do Rio de Janeiro, não ser possível entregar o aparelho contendo o suposto vídeo de cerca de 7 minutos, onde seria possível provar as agressões praticadas pelo atacante Neymar Jr. Nesta quinta-feira (6), a acusadora disse que o apartamento dela foi arrombado, a pericia realizada no local, somente encontrou impressões digitais dela e da empregada.

O jovem disse que somente percebeu nesta sexta-feira que o aparelho, um relógio e determinada quantia em dinheiro teria sido levados. O sindico do prédio diz ser mentira o arrombamento e que registrou um boletim de ocorrência contra as acusações.

Segundo o Jornal Nacional, que teve acesso ao depoimento, ela reafirmou ter sido estuprada e agredida pelo jogador, mas foi confusa em relação ao segundo encontro.

Najla chegou a passar mal e precisou ser levada a um pronto socorro.

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Botão Voltar ao topo