GeralMutuípe

Mutuípe: Marcos Melo critica central de marcação de exames e diz que cotas estão indo parar nas mãos de vereadores, em nota secretária nega

Morador criticou também a forma como os alunos do novo ano foram avaliados para mudança ao ensino médio.

O ex-candidato a vereador Marcos Melo, participou na manhã desta terça-feira (20), do programa Acorda Vale da Rádio Interativa, para criticar a secretária de educação do município de Mutuípe, devido a aplicação da prova para os alunos do 9º ano do ensino fundamental II.

A Lei de Diretrizes e Bases da educação nacional determina uma carga horaria mínima de 800 horas, isso é o que a LDB determina e foi aplicada uma provas para os alunos do nono ano para que esses alunos fossem aprovados, reduzindo de fato, essas 800 horas nessa prova, isso é um absurdo, o que vem acontecendo na educação de Mutuípe, é preciso um olhar mais minucioso sobre o que vem acontecendo na educação.” Disse Melo, cobrando posicionamento dos vereadores.

Leia também: Psicóloga Gabriela Sampaio fala sobre ansiedade, veja vídeo

Marcos Melo também criticou a secretaria de saúde do município, segundo ele o setor de marcação de exames médicos estaria distribuindo as vagas entre os vereadores da base de sustentação do governo.

(…) Recentemente meu pai teve um AVC e precisamos fazer vários exames, inclusive uma ressonância magnética e o setor de marcação de Mutuípe tem muita dificuldade de marcar esses exames, sendo que no município vizinho de Presidente Tancredo Neves, temos parentes , pessoas próximas que moram lá e a facilidade é muito grande em todas as especialidades, ressonância magnética, tomografia, enfim, e consulta com vários especialidade, nós temos dificuldade enorme. Afirmou ele, mas seguiu: “temos informação, e isso precisa ser verificado, pedir ai a ajuda do jornalismo da Interativa, as cotas estão indo para as mãos dos vereadores da base do governo eles estão marcando pra quem eles querem, e isso precisa ser verificado, como cidadão eu preciso estar cobrando sim, isso é um absurdo, as cotas da policlínica irem para as mãos de vereadores, eles estão dizendo que são eles que estão marcando, eles fazendo política com algo que é público. Emendou Marcos Melo.

Em nota a secretária de saúde de Mutuípe Andreia Andrade, declarou ao site:

Essa não é , e nunca foi uma conduta da gestão. Os exames de média e alta complexidade são agendados conforme PPI Estadual, através da central de regulação do nosso município.

A secretária de educação foi procurada mas ainda não encaminhou nota sobre a critica feita pelo morador.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Botão Voltar ao topo