Sem categoria

Mutuípe fecha o ano com chave de ouro na cultura estudantil

Na última sexta-feira (07) à noite, foi realizado no Barracão Cultural de Mutuípe a primeira edição do projeto Vivencias Artísticas e Lúdicas Estudantis – VALE. O público presente acompanhou três apresentações: uma mostra do projeto “Teatrando”, que é formado por um elenco de estudantes do Colégio Dr. Julival Rebouças e do Colégio Ruy Barbosa, coordenados pela professora de teatro Suelma Costa. Em seguida, aconteceu um recital, com textos memorialísticos e poemas sobre o tema “o lugar onde vivo”, que contou com a participação de estudantes de diversas escolas do município, sob a coordenação da professora Maria Isaura (Isa).
Apresentaram-se também os alunos do Projeto Cultura, Arte e Música com Talentos da Escola – CAMTE, coordenados pelo professor Elias Andrade, que colocou no palco 25 alunos tocando violão juntos, acompanhando as colegas intérpretes Rebeca e Amanda. Ainda por conta do CAMTE, apresentaram-se o estudante Vinícius com o solo da música “Asa Branca” ao violão, e as estudantes Ithana Maria e Kauanny Santos, tocando e cantando canções da MPB.
Além de pais de alunos, professores e personalidades locais, o VALE contou com as presenças da estudante Tamiles Andrade, atual classificada do estado na Olimpíada de Língua Portuguesa, dos estudantes Josué Oliveira e Ana Thamires Silva premiados a nível estadual pelo projeto Tempo de Artes Literárias – TAL, da rede estadual de ensino. A Secretária de Educação, professora Railda Sousa também prestigiou o VALE e comentou sobre a importância das atividades artísticas e lúdicas na escola, e disse reconhecer o trabalho dos profissionais envolvidos nos projetos educativos do município.
A professora Sônia Ferreira, gestora do Colégio Dr. Julival Rebouças, falou do seu estado de encanto, face aos talentos estudantis. Disse continuar empenhada em fortalecer a proposta de valorizar as linguagens artísticas no contexto escolar. A professora de Literatura Eliene Brito, do Colégio Estadual Balbino Muniz Barreto de Ubaíra também prestigiou o VALE e se interessou por levar a proposta para o seu município e defendeu a implementação do projeto em toda a região.
O I VALE terminou por volta das 21:30h e muita gente retornou do espetáculo bastante motivada com a aprendizagem dos estudantes envolvidos nos projetos. O VALE é uma proposta novíssima que vem a potencializar o desenvolvimento das artes no ambiente escolar, favorecendo aos educandos desenvolver as suas habilidades de cantar, tocar, compor, atuar, escrever, recitar, pintar, desenhar e, enfim, contribuir com o desenvolvimento da sensibilidade, da capacidade criadora, fazendo com que se acredite cada vez mais no desejo de transformação do mundo para melhor.
O  Projeto VALE visa sensibilizar e mobilizar os professores para que estes estimulem seus alunos a produzirem teatro, música, poesia, artes visuais, dança, enfim, arte em suas múltiplas linguagens. A partir das produções, a equipe busca propiciar o ambiente adequado para as mostras artísticas e culturais.
Este projeto nasce em Mutuípe, mas a proposta é ser estendido a todo o Vale do Jiquiriçá. A ideia inicial surgiu dos professores Elias Andrade, Ivana Barreto, Maria Isaura, Suelma Costa, com o respaldo da equipe gestora do Colégio Dr. Julival Rebouças, Mutuípe – BA, representada pela diretora Sônia Ferreira. Estimular o desenvolvimento cultural e artístico é favorecer o desenvolvimento do intelecto, da autonomia e faz o jovem sentir-se capaz de realizar mudanças criativas em seu meio. É a educação pensada de modo integral, valorizando o ser humano na sua dimensão plena. Agora, as expectativas se voltam para o II VALE. Junte-se a nós.
Fonte: Professor Elias Andradecomo evitar estrias

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Botão Voltar ao topo