GeralMutuípe

Mutuípe: Após acidentes, comerciantes cobram implantação de redutores de velocidade na BR 420

FIAT - MUTUÍPEMas acidente chamou atenção da  população de Mutuípe na saída da cidade sentido laje, BR 420, o trecho é perigoso por ter várias lojas e oficinas para automóveis o que aumenta o fluxo de veículos no local. Só que empresários e clientes há muito tempo solicita a implantação de redutores de velocidade no local para diminuir os acidentes, mas nada é feito.

TOPIC - MUTUÍPEOs acidentes acontecem em sua maioria quando os veículos que estão nas oficinas, lojas ou metalúrgicas que existem no local, vão manobrar o veiculo e por desatenção ou até mesmo excesso de velocidade por parte dos veículos que trafegam a BR 420 acabam causando acidentes gravíssimos.

Na ultima segunda- feira dia 05 mais uma acidente agora  envolvendo um uno placa policial  CUD 0394 e uma van topic  HOW 9960 , o veiculo  estava saindo de uma loja de peças  quando o uno se chocou na lateral amassando toda a frente do carro, o motorista que não teve a identidade revelada saiu ileso graças ao uso do sinto de segurança, no entanto o prejuízo causado aos dois veículos foi grande.

MOTO - MUTUÍPEEsse não é o primeiro acidente que acontece no local e pelo mesmo motivo, no dia 04 de agosto de 2012 uma moto ma moto Honda CG titan placa JLW- 5501 – Mutuípe – Ba, conduzido por Josenildo da Silva se chocou com um Fiat uno, placa policial, JRP – 1719 – Mutuípe – Ba, dirigido por Irênio José Souza Costa, o motorista saiu ileso, já o motociclista foi  levado para o hospital local onde foi constatada algumas fraturas e logo em seguida foi transferido para o hospital regional do recôncavo baiano.

Agora os comerciantes e clientes que trafegam no local solicita ao DNIT – Departamento Nacional de Infraestrutura de Transportes a implantação de um redutor de velocidade no local para evitar outros acidentes quem sabe até mais  graves.

Foto: Leandro Almeida                                                                                                                                                                                                                        Redação: Lukas Alves

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Botão Voltar ao topo