Esportes

Mundial de Clubes no Rio valeria “nova” vaga ao Brasil

Você já imaginou um Mundial de Clubes da Fifa com dois times brasileiros? Se a candidatura do Rio de Janeiro vingar, essa possibilidade passa a ser bastante real. É que o país mandante tem direito a um representante, que poderia se juntar a outro, em caso de título da Libertadores da América.

Três dos quatro times que seguem vivos na Libertadores são brasileiros: Flamengo, Atlético-MG e Palmeiras – o único risco ao país é o Barcelona, do Equador. 

Já o clube brasileiro convidado seria o campeão nacional, que deve ser conhecido alguns dias antes da estreia do Mundial de Clubes, previsto para 9 a 19 de dezembro. 

Importante: a chance de o Rio de Janeiro ser sede do Mundial não é das maiores especialmente por causa da pandemia. Há por aqui, por exemplo, a restrição com pessoas vindas da Inglaterra – elas precisam fazer quarentena de 14 dias. E o Chelsea, de Londres, é o principal clube entre os já classificados.

A confusão no jogo entre Brasil e Argentina, nas Eliminatórias pra Copa, em São Paulo, só aumentou a preocupação das pessoas da Fifa em relação ao país, já que uma das metas é encontrar um palco que permita a presença de torcedores nos estádios.

Vale lembrar que a sede original seria o Japão, que desistiu de abrigar o torneio dias atrás. Egito e África do Sul já se ofereceram, mas não empolgaram. 

Jorge Nicola

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Botão Voltar ao topo