Cidades

Mulheres lideram atendimento por coma alcoólico no Carnaval

MULHERES TIPO GATAA secretaria de Saúde Municipal de Salvador divulgou nesta sexta-feira (13), um balanço dos atendimentos realizados nos postos de saúde instalados nos circuitos do carnaval. De acordo com as informações da pasta, 81% das ocorrências se referem a atendimentos de intoxicação alcoólicas. Para surpresa dos beberrões do carnaval, entre os 48 casos registrados entre as 18 horas de quinta-feira (12) e às 06 horas de sexta-feira (13), 25 são mulheres. A reportagem do Bocão News foi às ruas da Barra na noite desta sexta-feira (13), saber das mulheres a opinião sobre a pesquisa. A turma de amigas de Salvador, que veio curtir o circuito da Barra consomem bebidas alcoólicas no Carnaval, mas procuram tomar alguns cuidados com os exageros. A psicóloga, Berlane Sena, 27 anos, atribui os exageros femininos com as bebidas ao clima da festa. “O clima de Carnaval, a curtição com a galera, isso tudo influencia muito”, afirma. Já a educadora física, Fabiane Reis Heloy, 31 anos, destaca a importância de manter o limite para evitar as consequências do excesso de álcool.“O importante é saber balancear, saber o limite, pois estamos em uma festa popular e uma mulher inconsciente pode ser exposta a muitos riscos. Infelizmente nesta época de festa as pessoas perdem o limite”, comenta a foliã que ainda pontuo os cuidados que toma para evitar a intoxicação alcoólica. “Nós bebemos, mas procuramos equilibrar com alimentação e água”, disse. Na contramão da estatística, a estudante Carlane Nascimento, 25 anos, acompanhada do namorado, Michel Ângelo Santos, 39 anos, não consome bebidas alcoólicas e discorda dos excessos. “Acho que tudo deve ter moderação, nem as mulheres e nem ninguém precisa beber para perder o equilíbrio”, avalia. Enquanto isso Michel festeja o bom senso da namorada e aproveita para beber despreocupado com o volante. “Eu tenho a sorte de ter uma namorada que não bebe álcool e termina sendo a motorista da rodada”, disse.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Botão Voltar ao topo