Cidades

Mulher morta em confronto com policiais na BR-324 era prima de Kelly Cyclone

Quatro morreram no tiroteio, uma moradora de Cruz das Almas foi atingida por bala perdida e perdeu a vida.

cicloneMorta em uma troca de tiros com policiais na noite de quarta-feira (13), na BR-324, Adriana dos Santos Silva, de 33 anos, era prima de Kelly Sales Silva, conhecida pelas alcunhas de “Kelly Cyclone” e “Dama do Pó”, assassinada em 2011. A informação foi divulgada pela Secretaria de Segurança Pública da Bahia (SSP-BA) nesta sexta (15).
 
De acordo com o órgão, ela já havia cumprido pena pelo crime de receptação e era mulher do ex-militar das Forças Armadas preso por suspeita de integrar a quadrilha de roubo a bancos que entrou em confronto com os agentes. Ele foi identificado pela SSP como Nadson Jorge Silva Alves.
 
Outras três pessoas morreram no tiroteio. São elas Edson Domingues Reis Machado, 45 anos, Adeilton Gouveia da Silva, de 30 anos – suspeitos de fazer parte da quadrilha – e Maria de Fátima Santana Senna, atingida por uma bala perdida enquanto voltava para Cruz das Almas após uma consulta médica em Salvador: Bahia Notícias.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Botão Voltar ao topo