GeralNotícias

MPF denuncia ex-prefeito de Feira de Santana por corrupção e lavagem de dinheiro

TARCISIO PIMENTAO Ministério Público Federal denunciou o ex-prefeito de Feira de Santana, Tarcízio Pimenta (PDT), e seu assessor Marcos Paulo Silva de Oliveira por corrupção e lavagem de dinheiro, além de ex-gestores da Cooperativa de Crédito do Vale Subaé (Subaé Brasil), por crimes contra o Sistema Financeiro Nacional e a administração pública. Foram denunciados ainda o ex-presidente, ex-vice-presidente, ex-contador e ex-superintendente do órgão. De acordo com a ação, de autoria dos Procuradores da República André Batista Neves, José Alfredo de Paula Silva e Vladimir Aras, os ex-funcionários da Subaé Brasil praticaram vários delitos que resultaram na liquidação extrajudicial da cooperativa, em dezembro de 2009. Segundo o MP, o esquema envolveu diversos atos de gestão fraudulenta, como manipulação dos registros contábeis, manutenção irregular de conta da prefeitura de Feira de Santana na Subaé, pagamento de propina, desvio de recursos da cooperativa e transferências disfarçadas do capital da instituição para as contas do então presidente, das empresas comandadas por seus familiares e de terceiros. O esquema teria envolvido diversos atos de gestão fraudulenta, como a manipulação dos registros contábeis, manutenção irregular de conta da prefeitura de Feira de Santana na Subaé, pagamento de propina, desvio de recursos da cooperativa e transferências disfarçadas do capital da instituição para as contas do então presidente, das empresas comandadas por seus familiares e de terceiros. As irregularidades, ocorridas entre 2002 e 2009, causaram um prejuízo superior a R$ 10 milhões.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Botão Voltar ao topo