Cotidiano

Movimentos de esquerda pretendem reforçar atos contra Bolsonaro em 2020

Movimentos sociais ligados à esquerda programam uma agenda de mobilizações contra o governo em 2020 mais forte do que a de 2019, de acordo com a coluna Painel, do jornal Folha de S.Paulo.

No balanço de fim de ano, as frentes Brasil Popular e Povo Sem Medo definiram um calendário de atos com o mote “Basta de Bolsonaro”.

Segundo a publicação, o primeiro deles será em 31 de março, quando o golpe militar de 1964 completará 56 anos. A ideia é reforçar a defesa da democracia e o discurso de que a agenda econômica do governo prejudica os mais pobres.

Bahia.ba

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Botão Voltar ao topo