Cotidiano

Motorista é multado por chupar bala de menta enquanto dirigia

multa_bala-de-mentaUm motorista foi multado em Sorocaba (SP), por estar ‘dirigindo comendo um drops de menta’ – ou, pelo menos, é isso que descreve o auto de infração. O condutor, que não quis se identificar, ficou revoltado com a autuação, aplicada na Rodovia Senador José Ermírio de Moraes, conhecida como Castelinho.
“Eu perguntei se ele [o policial] ia me multar por causa disso e ele disse que sim. Então, falei: ‘Tudo bem, mas então quero que você escreva isso na multa’”, conta o motorista. O homem, que tem 32 anos e mora em Sorocaba, acredita que o carro, da marca Porsche, possa ter chamado a atenção da polícia. “Como sou novo e aparento ser mais novo ainda, dirigindo esse carro, tem gente que estranha”, diz.
Segundo o motorista, ele trafegava dentro da velocidade permitida, pela faixa da esquerda, quando viu o carro da polícia logo atrás e passou para a direita. “Quando fui para a outra faixa, os policiais emparelharam e andaram assim por um tempo. Aí, em um determinado momento, peguei uma bala e coloquei na boca. Na mesma hora, eles começaram a dar sinal para que eu encostasse”, relata.
Ainda de acordo com o motorista, assim que ele parou o veículo, um dos policiais desceu da viatura e solicitou os documentos pessoais e do carro. Quando verificou que tudo estava em ordem, começou a avaliar o automóvel. “Ele começou a dar a volta, checou os faróis e os pneus, mexeu na placa e, por fim, disse que ia me multar porque eu estava comendo bala. Acho que não tinha motivo. Quero saber se essa é uma abordagem normal, se ele realmente deveria ter me multado, ou se poderia ter apenas orientado”, questiona.
De acordo com o instrutor de trânsito Renato Frioli, o caso se enquadra no Artigo 252 do Código de Trânsito Brasileiro. “O capítulo cinco proíbe dirigir com apenas uma das mãos, exceto quando o motorista precisar fazer um sinal com o braço, mudar a marcha do veículo ou acionar equipamentos do veículo, como limpador de parabrisa”, explica Frioli.
Polícia Rodoviária informou que o homem foi abordado e multado por estar dirigindo com apenas uma das mãos, e que, no campo de observações, o policial deve descrever a conduta que fez com que o motorista agisse dessa forma. É por esse motivo que, no auto de infração, consta que o condutor estava ‘comendo drops de menta’. Ainda de acordo com a polícia, essa determinação é justamente para que o policial possa se defender caso o motorista recorra da multa.
Fonte: G1

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Botão Voltar ao topo