GeralNotícias

Motorista de carro-forte distribui dinheiro aos pobres no Paraguai

DINHEIRO NA MÃO
Foto ilustrativa

Um motorista de uma empresa de segurança no Paraguai distribuiu dinheiro de um carro-forte entre pobres e se entregou à polícia. Em entrevista a emissoras de rádio, Carlos González, disse que levou “somente” 600 milhões de guaranis (aproximadamente R$ 298 mil) e não o 1,85 bilhão de guaranis que a empresa Prosegur alega. O advogado da Prosegur, José Domingo Almada, declarou nesta quinta-feira (21) que havia 4,450 bilhões de guaranis no furgão abandonado e que, após verificação, foi constatada a ausência de 1,85 bilhão” (cerca de R$ 920 mil). Almada criticou ainda o motorista, ao dizer que o funcionário pretende “ser visto como um Robin Hood moderno”. Ao justificar seu ato, o empregado da companhia falou sobre as condições “desumanas” às quais estão submetidas os funcionários da empresa.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Botão Voltar ao topo