Cidades

Morre mulher que esperava há 8 anos por cirurgia bariátrica

Foi sepultado na tarde desta sexta-feira, 23, a dona de casa Eliana Amaral, 35 anos, que aguardava há 8 anos por uma cirurgia bariátrica.

Ela, que pesava 245 kg, sofria de obesidade mórbida e morreu nesta quinta, 22, na Unidade de Pronto Atendimento (UPA) do Hospital Geral Clériston Andrade, em Feira de Santana (a 109 quilômetros de Salvador). Um dos filhos de Eliana chegou a escrever uma carta para o Papai Noel dos Correios pedindo a cirurgia da mãe como presente de Natal, mas o sonho não foi possível a tempo.

Segundo André do Rosário Fernandes, irmão da dona de casa, o médico Reinaldo Ataíde chegou a oferecer a cirurgia, sem cobrar, mas Eliana, que tinha dificuldades de locomoção, precisa de uma vaga de UTI e também de um kit médico para a realização do procedimento. “Estamos muito tristes. Minha irmã vinha lutando há alguns anos para fazer essa cirurgia.

O médico Reinaldo Ataíde se prontificou a fazer, mas o HGCA disse que não tinha suporte. Ela morreu por complicações da obesidade e não aguentava mais tanto sofrimento. Infelizmente, ela não foi a primeira nem será a última”, lamentou. (A Tarde)

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Botão Voltar ao topo