Cotidiano

Morre comentarista Sérgio Noronha aos 87 anos

Morreu na tarde desta sexta-feira (24), aos 87 anos, o jornalista carioca Sérgio Noronha, comentarista que teve passagens por TV Globo, Rádio Globo, Jornal do Brasil e Rádio Tupi.

Internado havia 10 dias em razão de uma pneumonia no Hospital Rio Laranjeiras, na zona sul do Rio de Janeiro, Noronha, que já vinha enfrentando o mal de alzheimer, sofreu uma parada cardíaca.

O jornalista vivia no Retiro dos Artistas, ajudado pelo amigo e ex-colega de Globo, o comentarista de arbitragem Arnaldo Cezar Coelho, que o levou ao local em 2018.

“Perdi um amigo. Conheci Seu Nonô quando ele jogava futebol na Urca na década de 1960. Ele era o cara que sentava no paredão e ficava me pressionando quando eu era juiz. Ali conheci ele. Depois ele foi para o Jornal do Brasil, Rádio Globo… A vida toda foi meu companheiro, um parceiro de vida toda, de frequentar a minha casa”, disse Arnaldo, ao Globoesporte.com.

Nascido em 28 de dezembro de 1932, Sérgio Noronha estudou Letras na Faculdade Lafayete. Aos 22 anos, ele começou a trabalhar na revista O Cruzeiro.

Após a carreira em jornais, com passagens pelo Jornal do Brasil, Diário Carioca, Correio da Manhã e Última Hora, chegou à TV Globo em 1975. Pela emissora ele comentou as Copas do Mundo de 1978 e 1982.

Depois de passar por TV Educativa, Rádio Globo e Rádio Tupi, entrou em 1998 para o SporTV, retornando à Globo no ano seguinte.

Em 2009, virou comentarista da TV Bandeirantes. De volta à Rádio Globo em 2010, participou também de transmissões do Premiere, o canal de futebol pay-per-view do Grupo Globo.

Bnews

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Botão Voltar ao topo
Fechar